Pesquisar este blog

Certo dia, o meu professor de história parou a aula e olhou em minha direção, fazendo a seguinte pergunta: “você tem vontade de casar?” Eu, surpresa - até olhei para os lados pra ver se era mesmo direcionada a mim - então respondi: “sim, tenho professor.” Ele então sorriu e voltou a perguntar: “você tem vontade de casar ou de casar-se?” Eu disse que não tinha entendido muito bem a pergunta desta vez. Qual era a diferença? A ortografia? Ele então explicou-me: se você quer ser feliz, se case; mas, se pretendes fazer quem amas feliz, case-se. Meio confuso, não? Eu sei, o amor também é.
— Capitule.   


7 Comentários

  1. Olá, bem confuso mas adorei, me fez pensar... Adorei.

    Bjus

    José Agenor

    Fan page:https://www.facebook.com/BlogdoJoseAgenor?ref=ts&fref=ts

    Blog: http://www.blogdojoseagenor.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Seguindo,adorei o blog...http://belezatoquefeminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Confuso mesmo... rs Mas gostei!!!

    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. aaai que legal, gostei confuso porem legal! bjs, Ke.
    pedacosdelembrancas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Puxa!!! diferene maneira de se pensar no casamento.
    li e reli para entender... se eu disser que entendi, vou estar mentindo.
    Mas, pelo contexto, deve ser legal.
    Vamos ler mais sobre isso... (rs*)
    beijos
    :)
    Ritinha

    ResponderExcluir
  6. Realmente,torna-se difícil compreender isto mas gostei da história. Boa noite amiga!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Receba Novos Posts Por Email