Pesquisar este blog



"Procuramos tanto o amor, mas ao mesmo tempo temos medo de encontrá-lo. Criamos milhares de motivos para fugir da responsabilidade que é amar; coisa de gente que acredita estar imune desse sentimento. Amar tem sim o seu peso, ainda mais quando sentimos necessidade disso. Mas e depois? Depois de amar, amar e amar? Temos de amar mais um pouco, não é? Mas é que a gente nunca ama. Colocamos medidas e freios, onde cobra entrega por inteiro. A verdade, é que depois de amar, só nos resta amar.
— Deprimentes.  


Deixe um comentário

Receba Novos Posts Por Email