Pesquisar este blog

Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda-roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje já é outro dia.
— Caio Fernando Abreu 


8 Comentários

  1. Menina linda !
    Que texto mais lindo, apesar de triste.
    Que mensagem mais tocante. Adorei!
    bjs e excelente final de semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Quando a gente faz um balanço mesmo, é impossível não chorar.
    Mas é com os erros que a gente aprende, e que bom que a gente aprende né?

    bjokas e um lindo fds =)

    ResponderExcluir
  3. Acredite na fé, na força,
    na esperança e
    na razão que temos para viver.
    Acredite na força do amor
    que enriquece o ser humano.
    O amor é o bem maior ,
    que podemos ter para oferecer
    aos nossos semelhantes.
    Com muito carinho venho desejar
    um abençoado final de semana.
    Beijos paz e luz.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto *O*
    Mil beijus, www.nossomosmoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto...
    Bjos.

    http://as-coisas-mais-doces.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito desse texto :)

    Não esqueça de se inscrever no sorteio de dois anos do blog!
    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/2013/09/aniversario-de-2-anos-do-blog-sorteio.html

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante do texto. Infelizmente não adianta ficar procurando de quem ou de que é a culpa e sim seguir em frente.

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir

Receba Novos Posts Por Email